Projetos e Parcerias



2022-07-22

TECELÃS DE MÉRTOLA RECEBEM JOANA VASCONCELOS

Fátima Mestre e Helena Rosa são artesãs que mantêm viva a prática tradicional das mantas de lã. Na Oficina de Tecelagem de Mértola, recebem Joana Vasconcelos, artista plástica que incorpora com frequência a matéria têxtil nas suas criações contemporâneas. Para uma conversa promovida no contexto das Constelações de Futurama - ecossistema cultural e artístico do baixo Alentejo - no sábado dia 30 de julho.

«No último fim-de-semana de cada mês decorrem as Constelações, sessões que reúnem artistas contemporâneos e representantes de práticas tradicionais do Baixo Alentejo. As sessões abordam temas como a oralidade, a fisicalidade e a visualidade, na relação com o Alentejo. Os convidados não se conhecem, não há um guião definido, não sabemos o que pode acontecer e é essa expectativa que nos motiva a construir uma sessão irrepetível.» Como será certamente a Constelação que junta as tecelãs Fátima Mestre e Helena Rosa a Joana Vasconcelos. A artista plástica incorpora técnicas tradicionais como o bordado e o croché nas suas esculturas, encontrando inspiração no saber fazer delicado e antigo de Viana do Castelo ou do Pico. Emprega um núcelo de artesãos no seu atelier e já trabalhou pontualmente com artesãs de Nisa (Valquíria Enxoval, 2009) ou com a Manufactura de Tapeçarias de Portalegre (Vitrail, 2012).

«Uma das mais antigas artes tradicionais da região é, certamente, a tecelagem de mantas de lã. Na Oficina de Tecelagem de Mértola, onde é ministrada formação contínua, uma cooperativa de tecedeiras encarrega-se de fazer sobreviver esta tradição. Os motivos decorativos destas mantas assemelham-se a uma gramática ornamental filiada em antigas tradições berberes e que também encontramos impressas em materiais arqueológicos.
No espaço da própria oficina está organizada uma mostra de antigos instrumentos ligados à atividade da lã e do linho, assim como uma exposição de tecidos fabricados na oficina e nos povoados serranos do concelho. Atualmente na Oficina de Tecelagem de Mértola o som do tear é resultado das mãos hábeis e conhecedoras das tecedeiras Helena Rosa e Fátima Mestre.» FUTURAMA

30 julho 2022 | 17h00
Oficina de Tecelagem de Mértola
Entrada livre

---

©2022 Fundação Joana Vasconcelos. Todos os direitos reservados.  |  Política de Privacidade
NL
Nelson Leão Webdesign