Educação



2020-06-19

BOLSA JOANA VASCONCELOS - UNIVERSIDADE DE ÉVORA

 O apoio ao ensino das artes é o motor por trás das bolsas de estudo atribuídas há cinco anos pela Fundação Joana Vasconcelos, em parceria com a Universidade de Évora. Este ano, as bolseiras são Júlia Kovács e Maria Frias Vila Lobos, a cursar respetivamente o segundo ano de mestrado de “Práticas Artísticas em Artes Visuais” e o segundo ano da licenciatura de “Artes Plástica e Multimédia”. Desde 2015, 11 bolseiros já beneficiaram desta ação que visa colmatar as necessidades de estudantes com aproveitamento escolar e baixos rendimentos económicos.

A segunda universidade a surgir em Portugal depois da de Coimbra, em 1559, a Universidade de Évora continua a afirma-se como um centro de criação, transmissão e difusão de cultura, ciência e tecnologia a partir do Alentejo para o país inteiro. Já a Fundação Joana Vasconcelos foi criada em 2012, enquanto organização sem fins lucrativos para apoiar o ensino das artes, ações de solidariedade e causas sociais. Juntas, prosseguem uma nova dimensão humana na área artística.

Depoimentos das bolseiras:

«É para mim uma enorme honra e motivo de orgulho ser distinguida com algo tão significativo como esta bolsa. Encaro-a como uma oportunidade mas também como um voto de esperança e de confiança. Este prémio permitir-me-á a garantir com mais segurança e maiores certezas que posso investir no futuro que sonhei, numa carreira dentro desta área. É uma demostração de confiança que nunca irei esquecer e pela qual estou muito grata.  Encaro esta atribuição também como uma prova de que o trabalho, o risco, o esforço são valorizados e fazem a diferença.

Quando olho para a obra da Joana Vasconcelos, vejo a intenção de marcar uma presença. A sua obra é muitas vezes conhecida por apresentar grandes dimensões, pela composição e juntamento de elementos que sós, podem ser pequenos, mas em conjuntos integram algo muito maior e significante. Encontro nas suas obras a intenção de marcar presença, seja pelas suas dimensões, pelos materiais utilizados, ou pela(s) sua(s) cor(es) mas também de desafiar e questionar, de desencadear reacções e contrariar consensos.

Em relação aos temas que são abordados, posso identificar nos seus trabalhos diferentes orgulhos, seja um orgulho pelo tradicional, orgulho de ser mulher, orgulho na grandiosidade e na sua beleza mas também na precisão e no detalhe, orgulho na inovação.

É uma obra claramente identificável e marcante, com uma dimensão única e histórica, que a tornam incontornável, com um impacto não apenas artístico e cultural mas também social e filosófico».

Maria Frias

 

«A bolsa Joana Vasconcelos desempenha um papel importante para mim como estudante e artista, pois além de motivar-me a continuar a produzir e estudar, ao receber este apoio financeiro, posso focar melhor na minha pesquisa do mestrado, sobre diálogos e conexões usando a minha arte como meio,  e apresentar peças de mais qualidade, assim podendo oferecer mais à minha audiência. A organização do portefólio e dos relatórios também ajudam na recapitulação e melhor perceção do estado atual da minha prática artística. 

Para mim Joana Vasconcelos é uma artista contemporânea que influencia muitos jovens logo no início dos seus estudos com a dimensão e expressividade das suas obras. Já para mim, é fascinante como ela consegue levar esse toque feminino e pessoal para uma escala de grande dimensão e pública. 

Estando eu no início da minha carreira artística, fico agradecida pela oportunidade e apoio recebido de uma artista de grande escala.»

 Júlia Kovács 

 

 

---

©2020 Fundação Joana Vasconcelos. Todos os direitos reservados.  |  Política de Privacidade
NL
Nelson Leão Webdesign